Atividades da CAVILE

Sala de Estudos

Conheça os grupos de estudo e cursos online que a CAVILE disponibiliza aos trabalhadores da casa e à comunidade! 

Leia mais

Juntos em Prece

Momento de Irradiação Fraterna da CAVILE. Para participar acesse nossa Webrádio de segunda a sexta às 20h

Leia mais

Evangelho no Lar

Acompanhe o Evangelho no Lar juntamente com a equipe CAVILE, uma vez por semana na Webrádio.

Leia mais

Acolhimento Fraterno Online

Nos momentos de dores e aflições, desespero e solidão, saiba que jamais estará sozinho! É por isso que a CAVILE disponibiliza uma equipe treinada e bem estruturada para atender fraternalmente aqueles que procuram por ajuda. Muitas vezes uma conversa amiga pode salvar vidas!

Solicite aqui

Artigos

Aqui você encontrará notícias, novidades, artigos para estudos e programações da Casa Virtual Luz Espírita.
Entrar

Maravilhoso!

Aprendi muito, refleti sobre diversos temas do cotidiano que me ajudaram a viver melhor. O curso é muito bem elaborado, fácil de entender por ter uma linguagem simples. Os vídeos ajudam muito, contribui para fixar a lição além de complementar o assunto. Além de ser tudo perfeito na didática do curso ainda tive a sorte e o privilégio de ter minha instrutora, com suas considerações excelentes e também o carinho, amor e atenção para com cada um de nós.

Sônia Maria / ESDE

Muito bom!

Com conteúdo fantástico muito bem explicado, com muitos aprendizados para por em prática no dia a dia. E com ele passo a acreditar que nada é por acaso. Depois de três tentativas para conclui-lo, consegui vencer mais esta etapa, pois acredito que eu estava mais madura para leva-lo adiante e absorver tudo o que foi passado. Me senti acolhida por todos e agradeço ao meu monitor pelo carinho, atenção e muita paciência que teve comigo nos momentos que pensei em desistir. Obrigada a todos da Caville por acreditarem em mim. Deus abençoe a todos.

Karina dos Santos / ESDE

Maravilhoso!

Apresentado de uma forma prática e sucinta, me possibilitou não só aprender mais sobre a doutrina espírita, como também as formas de colocar esses ensinamentos em prática, de uma maneira mais ampla. Além disso a monitoria é fundamental para auxiliar nos estudos, mesmo à distância, pude sempre contar com seus conhecimentos, nos momentos de dúvidas, durante esta caminhada, que com certeza continuará…

Barbara Lautert / ESDE
Animais têm carma?
“Será que um animal que sofre de alguma doença maligna ou se torna mortífero pelo treinamento humano adquire carma?”

Autor: Mário Frigéri (mariofrigeri@uol.com.br)

 

Nosso estudo de hoje trata deste delicado tema: animais têm carma? Será que um animal que sofre de alguma doença maligna ou se torna mortífero pelo treinamento humano adquire carma? Temos uma amiga professora que mora em Indaiatuba. Há alguns anos, ela nos questionou a respeito de um cão que havia morrido de câncer e nós lhe demos a resposta possível, mas ficamos em dúvida se o assunto tinha sido tratado com a profundidade e abrangência que requeria.

Lendo, porém, há pouco tempo uma entrevista concedida por Francisco Cândido Xavier a respeito desse assunto¹, percebemos que o tema é mais complexo do que se possa imaginar e ainda não foi tratado com a devida profundidade. Essa nossa amiga dá aulas de Inglês em sua própria casa. Uma de suas alunas perguntou-lhe se animais têm carma, visto que uma fêmea da raça pastor alemão, que lhe pertencia, morreu de câncer. A professora ficou em dúvida quanto à resposta. E sabendo que nos
interessamos por esse tipo de assunto, pediu-nos auxílio.

Nós também temos muitas dúvidas a respeito. Mas, segundo estudos que vimos fazendo na Doutrina Espírita e em outras fontes, o carma – soma de débitos e créditos de cada um – é fruto do livre-arbítrio. Note o leitor que dissemos: soma de débitos e créditos, porque carma é vulgarmente entendido somente em sentido negativo, embora ele possa ser constituído só de bem-aventuranças, como o carma dos anjos...

Para ler o artigo na íntegra acesse: www.cavile.com.br

#cavile #espiritismmo #animais #espiritismoeanimais #espiritismoeanatureza #carma
Animais têm carma? “Será que um animal que sofre de alguma doença maligna ou se torna mortífero pelo treinamento humano adquire carma?” Autor: Mário Frigéri (mariofrigeri@uol.com.br) Nosso estudo de hoje trata deste delicado tema: animais têm carma? Será que um animal que sofre de alguma doença maligna ou se torna mortífero pelo treinamento humano adquire carma? Temos uma amiga professora que mora em Indaiatuba. Há alguns anos, ela nos questionou a respeito de um cão que havia morrido de câncer e nós lhe demos a resposta possível, mas ficamos em dúvida se o assunto tinha sido tratado com a profundidade e abrangência que requeria. Lendo, porém, há pouco tempo uma entrevista concedida por Francisco Cândido Xavier a respeito desse assunto¹, percebemos que o tema é mais complexo do que se possa imaginar e ainda não foi tratado com a devida profundidade. Essa nossa amiga dá aulas de Inglês em sua própria casa. Uma de suas alunas perguntou-lhe se animais têm carma, visto que uma fêmea da raça pastor alemão, que lhe pertencia, morreu de câncer. A professora ficou em dúvida quanto à resposta. E sabendo que nos interessamos por esse tipo de assunto, pediu-nos auxílio. Nós também temos muitas dúvidas a respeito. Mas, segundo estudos que vimos fazendo na Doutrina Espírita e em outras fontes, o carma – soma de débitos e créditos de cada um – é fruto do livre-arbítrio. Note o leitor que dissemos: soma de débitos e créditos, porque carma é vulgarmente entendido somente em sentido negativo, embora ele possa ser constituído só de bem-aventuranças, como o carma dos anjos... Para ler o artigo na íntegra acesse: www.cavile.com.br #cavile #espiritismmo #animais #espiritismoeanimais #espiritismoeanatureza #carma
Mensagem Psicografada

Hoje iremos trazer um entendimento que a princípio parece contradizer o que vivenciamos, pois toda a mídia e a ciência, afirmam que o maior medo do homem é de morrer. Mas, dentro de minhas percepções o maior medo do homem é VIVER!.. 

Precisamos entender o que implica VIVER. O viver a que me refiro não é simplesmente estar respirando envolto em nosso corpo material. Viver é muito mais que isso. Sabemos que enquanto espíritos imortais, não morremos. Apenas passamos por períodos diferentes de aprendizagem. 

Em minha percepção, no desencarne o maior medo dos que ficam é de como viver sem aquele que embarcou numa nova jornada. E o que inicia a nova jornada é o medo de como viver diante desse novo cenário. Vejam meus amigos, que fica muito claro que não tememos a morte, mas a VIDA. 

Elegemos a morte como nosso maior medo, simplesmente por não conseguirmos entender todos os sentimentos e emoções que trazemos dentro de nós. Todos os nossos conflitos, nossas ansiedades, tudo aquilo que de certa forma não nos convém mais, mas mesmo assim insistimos em levar conosco. 

Quantas vezes deixamos de experimentar as novas oportunidades, quando insistimos em preencher o vazio do “ser” pela comodidade do “possuir”. Em todos esses momentos deixamos de VIVER plenamente como Jesus nos ensina. 

Viver plenamente é viver o amor que transporta todas as barreiras inclusive às físicas. Convido-os a enfrentarem o medo de Viver, não usando mais as desculpas rotineiras.

 Usemos o nosso potencial de co-criadores com o Pai para construir o Amor[...] estaremos desta forma, meus amigos, diminuindo distancias, alargando os horizontes da VIDA e aprendendo a viver o que somos: espíritos imortais. 

Com muito carinho e a certeza de que estamos todos juntos encarnados e desencarnados nesse longo aprendizado, 

Médium: Lúcia (Grupo Mediúnico Maria de Nazaré – CAVILE) 
Espírito: Irmão Matheus (Colônia Espiritual Maria de Nazaré

#cavile #espiritis #psicografia #mensagempsicografada #medodeviver #medo #fear #life #autoamor #autoconhecimento #espiritismoonline
Mensagem Psicografada Hoje iremos trazer um entendimento que a princípio parece contradizer o que vivenciamos, pois toda a mídia e a ciência, afirmam que o maior medo do homem é de morrer. Mas, dentro de minhas percepções o maior medo do homem é VIVER!.. Precisamos entender o que implica VIVER. O viver a que me refiro não é simplesmente estar respirando envolto em nosso corpo material. Viver é muito mais que isso. Sabemos que enquanto espíritos imortais, não morremos. Apenas passamos por períodos diferentes de aprendizagem. Em minha percepção, no desencarne o maior medo dos que ficam é de como viver sem aquele que embarcou numa nova jornada. E o que inicia a nova jornada é o medo de como viver diante desse novo cenário. Vejam meus amigos, que fica muito claro que não tememos a morte, mas a VIDA. Elegemos a morte como nosso maior medo, simplesmente por não conseguirmos entender todos os sentimentos e emoções que trazemos dentro de nós. Todos os nossos conflitos, nossas ansiedades, tudo aquilo que de certa forma não nos convém mais, mas mesmo assim insistimos em levar conosco. Quantas vezes deixamos de experimentar as novas oportunidades, quando insistimos em preencher o vazio do “ser” pela comodidade do “possuir”. Em todos esses momentos deixamos de VIVER plenamente como Jesus nos ensina. Viver plenamente é viver o amor que transporta todas as barreiras inclusive às físicas. Convido-os a enfrentarem o medo de Viver, não usando mais as desculpas rotineiras. Usemos o nosso potencial de co-criadores com o Pai para construir o Amor[...] estaremos desta forma, meus amigos, diminuindo distancias, alargando os horizontes da VIDA e aprendendo a viver o que somos: espíritos imortais. Com muito carinho e a certeza de que estamos todos juntos encarnados e desencarnados nesse longo aprendizado, Médium: Lúcia (Grupo Mediúnico Maria de Nazaré – CAVILE) Espírito: Irmão Matheus (Colônia Espiritual Maria de Nazaré #cavile #espiritis #psicografia #mensagempsicografada #medodeviver #medo #fear #life #autoamor #autoconhecimento #espiritismoonline